Sempre leio muito sobre o mundo náutico e hoje, organizando minha mesa, encontrei uma publicação do Rio Boat Show deste ano, feita pela Revista Náutica, onde falam sobre a força do mercado náutico no Brasil. Achei interessante e resolvi compartilhar !

Vamos lá:

+ de 1.400 marinas e iates clubes

+ de 120 estaleiros registrados

+ de 350 lojas náuticas especializadas

+ de 2.500 lojas com materiais de pesca

+ de 250 lojas e operadoras de mergulho

7,4 empregos por cada embarcação produzida

+ de US$ 800 milhões de vendas em 2012

+ de 700.000 barcos de lazer produzidos até hoje

70% dos barcos são para águas interiores e 30% para o litoral

21.000 barcos vendidos por ano

28.000 motores de popa vendidos por ano

A embarcação mais vendida é o jet: 8.000 por ano

Barcos de alumínio, infláveis e caiaques somam outros 8.000 por ano

Barcos de fibra vendem 4.600 por ano

+ de 400 lanchas e veleiros são importados anualmente

 

 

O mercado é realmente forte e está em expansão. Mas o Brasil tem potencial para explorá-lo ainda mais e principalmente, aprimorá-lo, lapidá-lo.